Em pronunciamento nesta quinta-feira (23), a senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) agradeceu ao presidente interino Michel Temer pela confiança de indicá-la líder do governo no Congresso Nacional e afirmou que, nesse momento, o Brasil só tem duas opções: vencer ou vencer.
— Agora é dá certo ou dá certo, e isso depende do esforço de todos nós — observou.
Rose contou ter interrompido sua licença para tratamento de saúde para voltar ao Parlamento e dar sua contribuição ao país, manifestando a confiança de que o Congresso Nacional atuará em favor do Brasil, apesar das divergências entre parlamentares que apoiam a presidente Dilma Rousseff e os que querem a permanência de Michel Temer.
— Essa ponte parece que é estreita e que não dá para passar por ela, mas nós conseguiremos passar por ela. Tenho certeza de contar com o espírito público do Congresso — não tenho dúvidas disso — no entendimento, na aprovação dos temas essenciais.

Rose de Freitas  explicou que, no início de maio, sofreu uma isquemia transitória que a obrigou a se ausentar do Senado por 50 dias. Ela agradeceu a todos os profissionais que cuidaram dela e a todos que lhe manifestaram apoio e solidariedade.
— O conforto nessa hora difícil nos faz mais forte — afirmou a senadora.

colunapolitica

A Coluna Política é uma publicação da equipe Really Brasil - parceria/conteúdo fornecido por assessorias e agências de notícias. Sugestão de pauta: redacao@ColunaPolitica.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *