redacao@colunapolitica.com.br

Bivar é reeleito presidente: Conheça um pouco da história do PSL

Bivar é reeleito presidente: Conheça um pouco da história do PSL

Por Ronaldo Nóbrega | Em convenção, em Brasília, o PSL reelegeu nesta sexta-feira (18) o deputado federal, Luciano Bivar (PSL-PE), presidente nacional da legenda.

Bivar foi reconduzido ao cargo durante convenção partidária. O edital de convocação foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) na forma estatutária.

Conheça um pouco mais da história do PSL

Os valores democráticos e a posição mais à direita sempre regeram os ideais do PSL, a equipe econômica do governo atual é um reflexo dos princípios que Bivar defendia ainda nos anos 80. Um parlamentar que sempre esteve à frente de seu tempo, vislumbrando o prisma maior do panorama nacional. Defensor árduo da reforma tributária, Luciano Bivar se coloca acima das questões momentâneas que envolvem o “varejo” do mercado.

A legenda que Bivar fundou angariou poucos seguidores pela inoportuna posição anti-fisiologista e contra o clientelismo de plantão. Essas filosofias políticas regeram o Brasil por, pelo menos, trinta anos. A história demonstra outras lideranças importantes na história do PSL, como um grande líder do Senado, o saudoso Xerifão do Brasil, Romeu Tuma, eleito em 1994 e reeleito em 2002.

Romeu Tuma foi Delegado Geral da Polícia Federal nos governos do ex-presidente João Baptista de Oliveira Figueiredo e José Sarney. Também foi um dos responsáveis pela transição democrática durante o regime militar. Logo que viu o PSL emergir como uma vertente mais à direita, o saudoso Tuma se filiou ao partido por pura identificação ideológica.

O Recado

A Convenção realizada hoje manda uma mensagem de que, o PSL busca inaugurar uma nova forma de se fazer política que não envolva acordos escusos e nem promessas de vantagens ilícitas. Cada projeto defendido pelo PSL será, necessariamente a favor do Brasil, a oposição e os partidos que querem manter o sistema de antigamente irão espernear para ir contra. Já as agremiações que entenderem que o melhor para a nação é o melhor para todos, embarcarão nos ideais do PSL e serão legítimos representantes do povo brasileiro.

redacao@colunapolitica.com.br

Comentários