COLUNA POLÍTICA

Zenaide celebra aprovação de ampliação de cotas afirmativas no serviço público

Com informações da Ag. Senado | Foto:©Waldemir Barreto|  -   8 de maio de 2024

A senadora Zenaide Maia (PSD-RN) celebrou, em pronunciamento nesta quarta-feira (8), a aprovação do projeto que prorroga por dez anos e amplia para 30% a reserva de vagas em concursos públicos para pretos, pardos e indígenas (PL 1.958/2021). O texto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e segue agora para a Câmara dos Deputados, salvo recurso para análise em Plenário. Para a parlamentar, as cotas são fundamentais para que a sociedade reflita sobre a dimensão histórica e social que levou o Brasil ao ponto atual.

— O que são dez anos da Lei de Cotas quando comparada a 300 anos de escravidão? [...] A realidade é marcada por séculos de opressão do povo negro que, após a escravidão, foi relegado à pobreza. Para onde foram os negros? Para as periferias, para os morros, depois de 1888, quando foram libertados. Mas foi uma libertação em que [eles] ficaram em periferias e morros, analfabetos e continuaram a sofrer violência, perseguição e silenciamento.

Zenaide afirmou que o Estado, a sociedade civil e o Congresso Nacional seguem em busca de justiça social e têm o dever moral de implementar as políticas de cotas, que representam a busca pela humanidade e pela dignidade.

— É sempre a hora de recomeçarmos e reconhecermos que devemos isso para poder a gente reparar esses danos. [...] A gente tem que reparar esses danos ao longo dessa história. Não tem como a gente se omitir nisso — ser omisso nisso é muito cruel —, construindo uma sociedade mais justa e inclusiva para todos.

Compartilhe