Eleições 2020

Sem dinheiro público: Levy Fidelix rejeita quase R$ 2 bilhões do Fundão eleitoral

Por Lúcia Guerra | Edição: Ronaldo Nóbrega - domingo, 11 de outubro de 2020
 

Um dos postulantes à Prefeitura de São Paulo, Levy Fidelix (PRTB), decidiu abrir mão de financiamento público em sua campanha eleitoral. O candidato publicou um ofício junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no qual o candidato, e toda a sua legenda partidária renuncia o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC). Com isso, o PRTB economiza cerca de R$ 2 bilhões.

Ao recusar o recebimento do Fundo de Campanha, Levy Fidelix faz uma análise da atual conjuntura econômica brasileira. O candidato defende a tese de que a distribuição de dinheiro público para financiamento eleitoral, como está sendo realizado, é uma injustiça com o povo brasileiro.

“Eis que o financiamento de campanha com dinheiro público da forma e nos patamares como foi estabelecido, deixando de investir no combate a fome, na melhoria da saúde, da educação, da segurança, ou seja, deixando de investir nas necessidades primeiras do povo brasileiro, o que não pode prosperar por medida de justiça”, explica Levy Fidelix no ofício encaminhado ao TSE.

A ação Judicial foi ingressada em abril esse ano.

Nº: 1021382-51.2020.4.01.3400