Política

PLP proíbe indicação de suplentes com grau de parentesco no Senado

Da redação. - domingo, 08 de novembro de 2020
 

O senador Fabiano Contarato (ES) apresentou um projeto de lei complementar (PLP 253/2020) que visa proibir a indicação de parentes como suplentes nas chapas que concorrem ao Senado. De acordo com Projeto de Lei Complementar, não podem ser eleitos como suplentes de senador o cônjuge do candidato, seu companheiro e parentes em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau.