Geral

PSL repudia invasão ao Congresso americano

PSL/Nacional - quinta, 07 de janeiro de 2021
 

Em nota, o PSL disse repudiar veementemente a invasão e que o episódio “não condiz com a tradição do país de respeitar as regras do jogo”. “Em uma democracia, não existe nada mais sagrado e soberano do que a vontade popular, expressa por intermédio do voto”.

Leia (abaixo) nota na íntegra: 

"O PSL repudia veementemente a invasão do Congresso americano por militantes favoráveis ao presidente Donald Trump, ocorrida na tarde de quarta-feira.

Em uma democracia, não existe nada mais sagrado e soberano do que a vontade popular, expressa por intermédio do voto.

O que aconteceu nos Estados Unidos não condiz com a tradição do país de respeitar as regras do jogo, algo tão consolidado ao longo de toda a trajetória da nação americana.

Ao se solidarizar com o povo americano, O PSL reforça, perante o povo brasileiro, seu compromisso com a democracia, o respeito ao voto popular e à Constituição Federal.

E a certeza de que um país se engrandece diante seus cidadãos não apenas por oferecer condições econômicas para desenvolver-se. Mas, sobretudo, ao assegurar o cumprimento estrito da lei e das regras que norteiam sua carta magna.

O PSL tem compromisso com a liberdade, mas também com o Estado de Direito. Por isso, uniu-se a um bloco de partidos que luta por uma Câmara independente, livre e democrática.

Não abriremos mão jamais de defender estes postulados. E lutaremos sempre para que eles sejam respeitados."