Geral

Eleições OAB-DF: Campelo promete redução da anuidade em 50%

redacao@justicaemfoco.com.br - domingo, 27 de junho de 2021
 

A crise econômica causada pela pandemia de Covd-19 afetou drasticamente os advogados, inclusive muitos fecharam escritórios por dificuldades financeiras. Assim, outro custo arcado pela classe é a anuidade da OAB, mas, em meados do ano passado, 75% dos advogados em atividade no DF ficaram inadimplentes quanto à taxa. 

Nesse contexto, o pré-candidato à presidência da OAB-DF Guilherme Campelo, revelou ao site ao Justiça em Foco, que sua primeira ação caso eleito será reduzir 50% a anuidade da Ordem durante 12 meses. A proposta não é de agora: antes de seu aspirantado a presidente, no auge do isolamento social e novamente no começo deste ano, Campelo enviou ofícios à seccional expondo a grave condição econômica da classe e solicitando isenção de uma parcela da anuidade. Entretanto, a entidade não respondeu na primeira vez e negou na segunda. 

“É urgente a reavaliação de gastos da seccional. A Ordem precisa dar assistência aos advogados e, se isso não está acontecendo, é necessário mudar a gestão dos recursos que os próprios inscritos fornecem.”, comentou o advogado. 

No portal de transparência da OAB-DF, encontra-se sua prestação de contas. Lá, constata-se que ultrapassam meio milhão os gastos com assessoria de comunicação, festa junina e fornecimento de alimentação, nos primeiros 10 meses de 2019. Nesse sentido, Guilherme mostra-se um forte candidato e aponta a um novo fôlego para a advocacia brasiliense. Ainda, afirma: “Com a redução de tais importes, muitos advogados podem ser ajudados. Estou com esses valores em uma planilha, em mãos, para ter uma boa noção administrativa da seccional.”