EXPRESSO

FMI diz que Brasil será a 8ª economia do mundo em 2024

Da redação com informações do Sebrae.  -   19 19America/Sao_Paulo May 19America/Sao_Paulo 2024

Mais uma demonstração de força da economia brasileira e da expectativa de avanço do país em 2024 chega do Fundo Monetário Internacional. O FMI declarou que revisou a estimativa de crescimento brasileiro para este ano de 1,7% para 2,2%. Com isso, o país passaria a ser a 8ª economia mundial – subindo uma posição com a alta de 2,9% conquistada em 2023.

A atualização do relatório World Economic Outlook, do FMI, aponta o crescimento de 2,2% como moderado e resultado da consolidação fiscal e das atuais políticas econômicas. “Os pressupostos da política monetária são consistentes, tendo como meta a convergência da inflação dentro da faixa de tolerância até o final de 2024?, diz um trecho do documento.

Para o presidente do Sebrae, Décio Lima, essa é uma excelente notícia também para os pequenos negócios. “A nossa economia voltou a crescer, estamos com a inflação controlada e hoje temos uma política definida de reajuste para o salário-mínimo. É mais oportunidade e aumento da renda familiar. Os pequenos negócios são estratégicos nesta construção. Só para se ter uma ideia, o índice de desempenho econômico, que incluiu as pequenas e as médias empresas, revela que, em 2023, esses negócios registraram um crescimento de faturamento duas vezes maior que o do Produto Interno Bruto (PIB), alcançando uma elevação de 7%”, disse Décio Lima.

Otimismo

Na última terça-feira (16.abril;2024), o levantamento do Boletim Focus, feito semanalmente com analistas do mercado financeiro pelo Banco Central (BC), aponta para a nona semana seguida de alta nas estimativas do PIB, chegando a 1,95% – aproximando-se da avaliação do Ministério da Fazenda e da projeção do FMI (2,2%). Além disso, a projeção da inflação ao fim de 2024 caiu de 3,76% para 3,71%.

Compartilhe